ISA CTEEP é TOP2 Open Corp do Ranking 100 Open Startups 2018!

A ISA CTEEP levou para casa, no dia 4 de julho, o troféu de segunda empresa mais engajada no relacionamento com startups. Ricardo Kahn, responsável por Estratégia e Inovação, revelou estar muito feliz com a conquista e que o sentimento era geral na empresa, de orgulho pelo merecimento do título.

Isso porque a relação da transmissora energética com inovação aberta e startups é muito recente, mas foi feita de forma realmente abrangente. Ricardo liderou a mobilização de todo o corpo de liderança da empresa em um evento no Cubo, unindo 40 executivos de diversos níveis e áreas para reuniões de 30 minutos com 20 startups selecionadas. “Fizemos isso para espalhar o vírus do startup engagement na organização”, conta. “Cada área deve perceber que pode ter a ganhar fazendo negócios diretamente com empresas inovadoras”. Além da dinâmica, a consultoria de inovação Pieracciani e o Bruno Rondani, CEO do 100 Open Startups, participaram do momento expositivo.

“Essa é a primeira lição que eu tive sobre como conectar a organização com startups: Derrubar os muros entre a empresa e o mercado rápido!”, conta Ricardo sobre seus aprendizados. O resultado do evento foi o mais positivo possível: 41 sugestões de provas de conceito, muitas das quais já rodaram ou estão em curso.

Quando perguntado de casos emblemáticos de sucesso, Ricardo contou da intenção antiga de desenvolver abordagens de Machine Learning para o Centro de Operações, mas, uma vez que este tema está tão na fronteira tecnológica, fazer algum briefing para RFP poderia limitar o alcance da iniciativa. Eles resolveram, então, convidar 9 startups, 3 grandes empresas e 2 universidades para conhecer a operação e as mais de 100 mil variáveis medidas com resolução de milissegundo. Ao final do workshop, cada grupo recebeu uma amostra de dados para poderem “mastigar” em suas máquinas de inteligência artificial e propor iniciativas.

Foram 23 propostas recebidas, das quais 8, inicialmente, vão se tornar projetos de Pesquisa e Desenvolvimento. “Mas não as trataremos como projetos tradicionais”, Ricardo avisa, “e sim como iniciativas a serem tocadas como em uma startup”. Conceitos de effectuation e lean startup serão aplicados no processo de desenvolvimento, na expectativa de gerar resultados mais rápidos e bastante aplicáveis.

Você pode começar agora a se conectar com as startups mais atraentes na opinião do mercado corporativo solicitando seu match em https://openstartups.net/ranking

Confira o pitch completo da ISA CTEEP na premiação:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *