Relato: Oiweek, você me conquistou!

Esses dias recebemos um depoimento daqueles que fazem tudo valer a pena. A trilha da inovação não é simples e enfrenta diversos desafios, mas pessoas como Ilisângela Mais, nossa parceira de Blumenau, provam que o objetivo merece o esforço. Ela frequentou a Oiweek X representando a empresa da qual é fundadora, o Prana, que cuida de captação de recursos e investimentos para projetos inovadores.

Vamos conferir o que ela teve a dizer sobre o evento:

“Oiweek, I’ll be back!

Uma semana atrás, eu estava iniciando minha participação no evento de inovação mais fantástico que eu já participei nos 11 anos que atuo na área: Oiweek!
Teve de tudo por lá: projetos incríveis, conexões, conhecimento, gente inspirada, música boa… mas isso é comum em eventos de inovação. A diferença da Oiweek em relação aos outros eventos? Efetividade e negócios!

O evento começou no domingo à noite com uma festa para conectar as pessoas, num ambiente de ótimas energias no Golden Hall do WTC. Por ali, já deu para ter noção do que seria o evento, trocando cartões com startups de várias regiões do Brasil e com presidentes e diretores de inovação de grandes empresas. Você sabia, por exemplo, que o BB seguridade está procurando startups na área de insuretech? Quem me falou foi a diretoria de inovação do BB.

Na segunda, após a abertura com uma palestra super provocativa e oportuna do Marafon (presidente Softplan), parte do pessoal foi para as mesas de reunião. Durante dois dias inteiros, 100 mesas foram ocupadas por algumas centenas de gestores de grandes corporações e por 250 startups (sendo 50 do exterior) para realizar reuniões de 20 minutos e identificar convergências de interesse e fechar bons negócios para as duas partes. Tudo isso com suporte de aplicativo e uma organização pró-ativa para aproximar as pessoas.

De Blumenau, levei 3 startups para o evento: AVI, LiveSances e Vex. Cada um participou de mais de 10 reuniões. Do outro lado da mesa passaram Softplan, Koerich, Accenture, SAP, Coca-Cola, Atlas-Schindler, BRF, Natura, Matera, Clever, Isa, Startup Farm.

Foram realizadas 3.056 reuniões em paralelo com palestras e painéis que aconteciam na arena ao lado. Presidentes de empresas, fundadores de startups e equipes de P&D internacionais vieram compartilhar experiências.

A chamada para o evento dizia que as startups conseguiriam realizar em dois dias as reuniões que levariam dois anos para conseguir. E foi exatamente o que eu vi. Fiquei impressionada e muito feliz.

Para fechar com chave de ouro: duas startups de amigos meus ficaram entre as TOP 10 startups do evento, a Vex de Blumenau e a Aquarela de Floripa.

Oiweek, você me conquistou!”

Ilisângela, obrigado pelo relato! Esperamos te ver no próximo ano!

E você, qual foi a sua impressão da Oiweek X?

2 thoughts on “Relato: Oiweek, você me conquistou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *