Vem aí o Ranking 100 Open Startups 2020!

Que tal fazer parte de uma lista utilizada como referência por grandes instituições e investidores líderes para acompanharem as startups mais atraentes para o mercado corporativo e as empresas mais engajadas com o ecossistema de inovação?

Estamos falando do Ranking 100 Open Startups, publicação anual que, em 2020, chega a sua quinta edição!

Mas o que significa “as startups mais atraentes para o mercado corporativo”?

A resposta para essa pergunta passa pela própria metodologia do Ranking, que considera a pontuação de cada startup de acordo com as relações de negócio estabelecidas com grandes empresas nos últimos 12 meses. Para contar pontos, essas relações devem ser validadas pelo executivo responsável pelo contrato, o que garante a confiabilidade dos resultados.

Quem valida é o mercado

Os critérios objetivos e a validação feita pelos próprios executivos posicionam o Ranking 100 Open Startups como a principal referência do mercado para inovação aberta (open innovation). Isso significa que ser parte do Ranking é um grande diferencial, que proporciona visibilidade no ecossistema e potencializa oportunidades de negócios.

Além do Top 100, o Ranking 100 Open Startups também possui categorias específicas, relacionadas ao setor de atuação da startup, ranking de empresas que mais realizaram contratos com startups, agentes do ecossistema que mais tiveram startups ranqueadas, entre outros.

A premiação oficial acontece no Whow! Festival de Inovação, que será realizado nos dias 21, 22 e 23 de julho de 2020. Para mais informações sobre o evento, acesse: festival.whow.com.br 

Saiba mais sobre o Ranking 100 Open Startups e acompanhe os próximos textos aqui no blog. Vamos falar mais sobre a metodologia, os benefícios de ser ranqueado e como fazer para concorrer a uma posição no Ranking 2020! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *