10 mandamentos da open innovation com as startups

Destaque-se no ecossistema de inovação com startups

Criar relacionamentos com startups tornou-se vital para quem quer trabalhar com open innovation. Mas a construção de um relacionamento positivo e benéfico para as partes envolvidas deve ser trabalhado cuidadosamente, com o objetivo não apenas de fechar negócios, mas de criar pontes fortes entre corporações e startups. 

Separamos 10 mandamentos essenciais, que são trabalhados no Programa 100-10-1, da 100 Open Startups,  para executivos e corporações que querem se destacar no ecossistema de inovação com startups. Confira: 

Mandamento 01: Conheça pelo menos 100 startups do seu setor

 Mandamento 01: Conheça pelo menos 100 startups do seu setor

Para trabalhar bem com open innovation, é importante conhecer o maior número possível de startups relacionadas à sua área de atuação. Isso ajuda você a ter um panorama geral do que elas têm trazido de novidade e, é claro, manter-se atualizado(a).

➡ Mandamento 02: Interaja e contribua com um conjunto de pelo menos dez startups

 Mandamento 02: Interaja e contribua com um conjunto de pelo menos dez startups

Avalie e interaja com ao menos uma dezena de startups. Com isso, você entra em contato com pessoas que estão empreendendo e ainda contribui com elas a partir da sua própria experiência de mercado.

➡ Mandamento 03: Contribua em profundidade com pelo menos uma startup

Mandamento 03: Contribua em profundidade com pelo menos uma startup

Escolha 1 das 10 startups com quem você se relacionou a partir do 2º mandamento e contribua com ela, quase como em uma relação de mentoria. Isso pode gerar uma grande experiência profissional, além do reconhecimento da startup pelo seu auxílio em sua trajetória de sucesso.

➡ Mandamento 04: Saiba identificar dores que tenham aderência com soluções de startups

Mandamento 04: Saiba identificar dores que tenham aderência com soluções de startups

Com uma boa visão do ecossistema, o executivo deve estar sempre de radar ligado para identificar possíveis desafios da empresa ou do setor que possam se beneficiar com o envolvimento e a parceria de open innovation com startups.

➡ Mandamento 05: Defina objetivos claros do relacionamento com startups para sua empresa

Mandamento 05: Defina objetivos claros do relacionamento com startups para sua empresa

Alguns exemplos de objetivos mais comuns são:

▶ Eficiência operacional;

▶ Parcerias de negócios;

▶ Desenvolvimento corporativo;

No caso de projeto piloto, também é importante definir bem as metas, para um alinhamento transparente de expectativas entre as partes.

➡ Mandamento 06: Estruture programas com processos específicos para atingir os objetivos do relacionamento com startups

Mandamento 06: Estruture programas com processos específicos para atingir os objetivos do relacionamento com startups

Um programa de open innovation bem estruturado costuma, entre outras coisas:

▶ Ter processos para definição de desafios/oportunidades;

▶ Estabelecer canais de relacionamento com startups;

▶ Definir seus critérios próprios de avaliação;

▶ Definir as modalidades de relacionamento, com os instrumentos necessários previamente desenvolvidos (ex: modelos de business case e minutas de contratos);

▶ Definir previamente seu orçamento para oportunidades.

➡ Mandamento 07: Dê visibilidade ao programa de Open Innovation

Mandamento 07: Dê visibilidade ao programa de Open Innovation

Uma vez que a empresa tem um programa estruturado, é importante divulgá-lo adequadamente, assim como as oportunidades, processos e resultados atingidos interna e externamente. Também é importante criar mecanismos de gestão de conhecimento e aprendizados dessas iniciativas, a fim de realimentar e aprender com o desenvolvimento.

➡ Mandamento 08: Ofereça informações sobre dores e oportunidades do mercado para orientar os empreendedores

Mandamento 08: Ofereça informações sobre dores e oportunidades do mercado para orientar os empreendedores

Forneça informações relevantes para todas as startups que participam dos processos seletivos em busca de parceiros, e não apenas para os seus escolhidos.

Ao buscar resultados a partir da interação com ecossistema de startups, é importante que as empresas compreendam a importância de nutrir e fortalecer o ecossistema de startups como um todo. Afinal, fortalecer o ecossistema reflete diretamente no desenvolvimento de startups e soluções cada vez melhores.

➡ Mandamento 09: Ofereça conteúdo, acesso a conhecimento e outros recursos que beneficiem as startupsMandamento 09: Ofereça conteúdo, acesso a conhecimento e outros recursos que beneficiem as startups

Forneça conhecimento, recursos e conteúdos para todas as startups que participam dos processos seletivos em busca de parceiros, e não apenas para os seus escolhidos.

Essa é outra forma de nutrir e fortalecer o ecossistema de startups como um todo, o que reflete diretamente no desenvolvimento de startups e soluções cada vez melhores.

➡ Mandamento 10: Compartilhe aprendizados sobre os projetos que dão certo e os que dão errado, para o aprimoramento dos negócios

Mandamento 10: Compartilhe aprendizados sobre os projetos que dão certo e os que dão errado, para o aprimoramento dos negócios

Compartilhar cases com empreendedores de startups pode ser extremamente benéfico para o amadurecimento de soluções. Vale reforçar que os executivos devem se preocupar em compartilhar suas experiências com todas as startups que participam dos processos seletivos em busca de parceiros, e não apenas para os seus escolhidos.

Essa atitude também ajuda a fortalecer o ecossistema como um todo, refletindo diretamente no desenvolvimento de startups e soluções cada vez melhores para o mercado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *