As 20 cidades brasileiras com mais inovadores

Conheça as cidades com mais startups que praticam open innovation no país

A open innovation com startups, ou seja, a abertura do processo de inovação das organizações para a colaboração externa por meio de parcerias com startups, é uma prática que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. Segundo dados coletados pela 100 Open Startups para o Ranking 100 Open Startups, o volume de acordos de open innovation entre empresas e startups teve um crescimento de 20 vezes entre 2016 e 2020.

Para a definição da prática de open innovation com startups, categorizamos dois grupos: o grupo de open corps, que são as corporações que buscam startups para relacionamentos de negócio baseados em inovação, e as open startups, startups abertas para esse tipo de relacionamento com empresas.

Dados open startups

De acordo com os dados preliminares da edição 2021 do Ranking, publicação anual que, desde 2016, monitora, mensura e classifica a prática de open innovation entre corporações e startups no Brasil, atualmente existem 3.249 open startups com ao menos um relacionamento desse tipo com o mercado corporativo registrado nos últimos 12 meses.

Realizamos um levantamento a partir dos dados do Ranking para entender como essas mais de 3 mil open startups se distribuem entre as cidades brasileiras. A seguir, listamos as 20 cidades com mais startups se relacionando com empresas em processos de inovação, e a participação de cada cidade no total:

1) São Paulo (SP) – 35,3%
2) Belo Horizonte (MG) – 9,5%
3) Curitiba (PR) – 5,7%
4) Rio de Janeiro (RJ) – 5,7%
5) Florianópolis (SC) – 5,3%
6) Porto Alegre (RS) – 3,3%
7) Campinas (SP) – 2,4%
8) São José dos Campos (SP) – 1,9%
9) Recife (PE) – 1,6%
10) Ribeirão Preto (SP) – 1,3%

 

Mapa sobre startups que praticam open innovation no Brasil

 

11) Uberlândia (MG) – 1,2%
12) Sorocaba (SP) – 1,0%
13) Fortaleza (CE) – 0,7%
14) Juiz de Fora (MG) – 0,5%
15) São Carlos (SP) – 0,5%
16) Vitória (ES) – 0,5%
17) Balneário Camboriú (SC) – 0,4%
18) Barueri (SP) – 0,4%
19) Belém (PA) – 0,4%
20) Blumenau (SC) – 0,4%

 

Mapa sobre startups que praticam open innovation no Brasil

De acordo com os dados levantados, embora a maior parte das startups ainda se concentre na região Sudeste – especialmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro –, já conseguimos identificar alguns polos relevantes de inovação que se destacam em outras regiões, como Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Fortaleza (CE), Balneário Camboriú (SC), Belém (PA) e Blumenau (SC).

Cidades inovadoras

A presença de startups e a maturidade dos ecossistemas de inovação são alguns dos fatores que geram e impulsionam cidades inovadoras. São, também, reflexo dos incentivos locais para o empreendedorismo, seja por meio de políticas públicas ou pela presença e atuação de agentes do ecossistema, ou seja, aceleradoras, incubadoras, consultorias, hubs de inovação e coworking, programas abertos para startups, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *