Como a Tesla se desenvolveu por meio de seus Ecossistemas de Negócios

Capacidades dinâmicas e ecossistemas de negócios: conheça as estratégias que levaram a Tesla ao patamar de montadora mais valiosa do mundo.

No primeiro texto da iniciativa Bridge aqui no blog, falamos sobre como as empresas podem crescer e desenvolver capacidades por meio dos ecossistemas de negócios. No texto de hoje, Fabio Farago, pesquisador da FEA-USP que integra a equipe do Bridge Ecosystem, mostra as estratégias de negócios da Tesla, para exemplificar melhor como as empresas podem crescer a partir de capacidades dinâmicas e apresentar seu desenvolvimento por meio da construção de um ecossistema de negócios.

Conheça o case da Tesla sobre as capacidades dinâmicas e ecossistemas de negócios que transformaram todo o setor automotivo. Confira aqui o artigo na íntegra

Esta é uma produção realizada pelo Bridge Ecosystem, Joint Lab entre a USP e a 100 Open Startups, que tem como objetivo a geração de novas metodologias e ferramentas para a gestão de ecossistemas de inovação.

A iniciativa foi criada com intuito de gerar metodologias e ferramentas para gestão de inovação e empreendedorismo no contexto de ecossistemas e veio em resposta à manifestação de gestores de open innovation que apontaram que a prática da inovação já não podia ser tão bem explicada pelas teorias, modelos e conceitos tradicionais.

A gestão de ecossistemas de inovação é tema essencial para a open innovation. Por isso, todos os meses, o Bridge Ecosystem tem espaço garantido na Open Innovation Week | Oiweek, principal encontro dos atores do ecossistema de inovação para trocar conhecimento, cocriar soluções e gerar oportunidades de negócio.

Publicado por Bridge Ecosystem
Escrito por Fabio Farago – Pesquisador da FEA/USP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.