Movimento Cultura Aberta para Inovação

Você sabia que a cultura é o principal desafio para obter resultados com open innovation?

O Movimento Cultura Aberta para Inovação, lançado recentemente pela Open Startups, veio para mudar (novamente) o patamar da open innovation no Brasil e está sendo considerado o futuro da Open Innovation no Brasil. 

“Estamos incrivelmente no começo”. Essa é a frase que o CEO da 100 Open Startups, Bruno Rondani, usou para descrever o cenário da Open Innovation no Brasil.

A prática da Open Innovation com Startups pode trazer benefícios bem maiores do que os resultados diretos dos projetos inovadores executados. O envolvimento com a Open Innovation é uma grande ferramenta para a transformação cultural em direção ao intraempreendedorismo e à inovação.

O contato frequente com startups e empreendedores do mercado traz novos insights para os profissionais e para a empresa em relação às formas de trabalho, novas tecnologias e os próprios aspectos culturais das startups, impactando positivamente na motivação das equipes, além de fomentar, com exemplos práticos, a cultura de inovação na corporação. 

Movimento Cultura Aberta para Inovação

A partir desses benefícios claros e da necessidade de expandir ainda mais a cultura da Open Innovation no Brasil (e no mundo!), lançamos o Movimento Cultura Aberta para Inovação, que pretende mudar (novamente) o patamar da Open Innovation no Brasil.

Esse movimento tem como primeira iniciativa o lançamento de um programa de cultura e capacitação em rede, chamado de Programa 100-10-1 Startups, liderado pela 100 Open Startups e cocriado com as principais corporações praticantes de Open Innovation no Brasil. 

Mais de 140 empresas já aderiram ao Movimento, que vai moldar o futuro da open innovation no Brasil, dentre elas: Ambev (TOP 1 Open Corps 2021), Bradesco e Algar Telecon.

Lançamento Cultura Aberta para Inovação
Marco Aurelio Chaves Macedo Oliveira – Innovation Tribe Leader do Brain – Centro de Inovação em Negócios Digitais

Como o programa funciona? 

O Programa 100-10-1 Startups faz parte de uma estratégia muito maior de transformação e expansão cultural, idealizada pela 100 Open Startups. Esse movimento para Cultura Aberta possui quatro pilares, importantíssimos para consolidação de qualquer cultura:

Capacitar

Empoderar

Comunicar

Premiar

Todos esses pilares são sustentados pelo exemplo da liderança, que possui um papel chave para disseminar e ser a referência dessa cultura em sua empresa.

Estratégia de Transformação Cultural

A 100 Open Startups sempre apoiou essa transformação em empresas e startups a partir de suas iniciativas e plataformas. Mas agora, com o Programa 100-10-1 Startups, esse ciclo de transformação e expansão cultural estará mais fortalecido, partindo da capacitação do time para a prática da Open Innovation.

Além disso, as outras frentes da 100 Open Startups auxiliam, e muito, na modelagem dessa cultura voltada para a Open Innovation, por meio do lançamento de desafios (empoderar colaboradores), da Open Innovation Week | Oiweek (comunicar e ensinar sobre Open Innovation)  e do Ranking 100 Open Startups (premiar e reconhecer os praticantes de Open Innovation). 

Frentes de desenvolvimento do Programa 100-10-1 Startups
Movimento de Cultura Aberta para Inovação

Em suma, o Movimento Cultura Aberta para Inovação tem como objetivo expandir a prática da Open Innovation a partir da transformação cultural, apoiada pelos programas e ferramentas da 100 Open Startups e de iniciativas de fomento à cultura para o ecossistema de inovação. Por isso, afirmamos que este é o futuro da Open Innovation no Brasil. Em 2022, teremos diversas ações em nossas Oiweeks mensais para falar ainda mais sobre cultura e seu papel na expansão da Open Innovation no Brasil. Não fique de fora! 

Nos próximos artigos, falaremos detalhadamente sobre os pilares que compõem o Movimento Cultura Aberta para Inovação: Capacitar; Empoderar; Comunicar e Ensinar! 

Embarque na jornada da conosco! Aproveite e confira nosso primeiro artigo sobre o tema Transformação Cultural e Open Innovation. Até o próximo! 

Este artigo agregou valor para você? Então compartilhe com a sua rede!

Autor: Filipe Vicinança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.