Premiar para inspirar: como implementar a estratégia de reconhecimento dentro da sua corporação 

Premiar, seja interna ou externamente, impacta diretamente no comportamento cultural das corporações, bem como na consolidação dos processos de open innovation

O reconhecimento por meio de premiações é o 4º Pilar de transformação que utilizamos no Movimento Cultura Aberta para Inovação. Premiar contribui diretamente para empoderar colaboradores, além de mostrar ao time quem são aqueles que realmente seguem os princípios e valores da corporação. Por isso, engajar e reforçar essa ação é de suma importância na consolidação da transformação cultural.

Como criar a estratégia de premiação 

Existem várias formas de reconhecer e premiar colaboradores. Nem sempre, premiar significa destinar recursos para compras de produtos ou fazer o famoso “funcionário do mês”. Trabalhar internamente o que representa a premiação com os colaboradores é um dos primeiros passos e, a partir disso, entra o trabalho de pensar as estratégias que mais fazem sentido para a sua organização. 

A Disney, por exemplo, utiliza um sistema onde colegas realizam reconhecimentos entre si, a partir da identificação de princípios culturais no dia a dia, baseado em comportamentos e entregas, as chamadas “Four Keys”. Outras empresas realizam esse reconhecimento a partir da indicação de colaboradores em uma votação interna, por exemplo. 

Separamos outros dois modelos de premiação, um interno e outro externo, realizados pela 100 Open Startups. Confira: 

Premiação Interna

Em 2021, criamos o Ranking Juntos Somos 100 Open, que reconhece os nossos colaboradores a partir do seu engajamento em diversas ações de cultura ao longo do ano, como o reconhecimento de colegas a partir dos nossos princípios de cultura, além da presença em treinamentos internos, aplicação de feedbacks, participação em nossas Oiweeks e realização de Speed-Datings.

Segundo Rafaella Vieira, Analista de Marketing e Comunicação, premiada no TOP 1 Geral e no TOP 1 da área de Marketing e Comunicação, “o Ranking Juntos Somos 100 Open é uma iniciativa que promove o engajamento e alinhamento entre as equipes, criando um ambiente de trabalho mais colaborativo, leve e acolhedor”. 

Ao todo, foram nove colaboradores premiados no Ranking. Com os resultados positivos, a iniciativa vai para sua 2º Edição em 2022.  

Premiação externa

Pensando na transformação do ecossistema de inovação como um todo, desde 2016, o Ranking 100 Open Startups reconhece as corporações e startups líderes em open innovation no Brasil. 

Além de fomentar a cultura de inovação aberta, o Ranking contribui com dados valiosos sobre a prática de Open Innovation com Startups no país, permitindo uma análise profunda e pautada assertivamente pelo mercado. 

A Open Innovation com Startups mais do que dobra a cada ano, e não há sinais de que esse crescimento vai parar tão cedo, evidenciando a importância da cultura aberta para inovação. No estudo Panorama da Open Innovation entre Corporações e Startups no Brasil | 2016-2021, identificamos os principais insights sobre a prática de open innovation no Brasil, a partir dos dados do Ranking 100 Open Startups. 

Na edição do Ranking de 2021, Ambev foi destaque entre as corporações, conquistando  o TOP 1 geral, somando 1493 pontos, e o TOP 1 na categoria Bens de Consumo e Alimentação! 

Entre as startups, dobradinha também do Rede Parcerias! A startup conquistou o TOP 1 geral, somando 1.166 pontos, e o TOP 1 na categoria MarTechs. 

O reconhecimento, seja ele realizado internamente ou por agentes do ecossistema de inovação, é muito importante para consolidar a cultura aberta para inovação, pois a partir desses “modelos” de comportamento e ações, as empresas, startups e pessoas do time interno terão um norte de exemplo e comportamento cultural esperado pelas suas organizações, além de inspirar aqueles ao seu redor para fortalecer a sua cultura de inovação aberta.

Ah, caso ainda não tenha lido sobre os outros pilares do Movimento Cultura Aberta para Inovação acesse:

Capacitar

Empoderar

ComunicarEstratégia de Transformação CulturalNo próximo artigo falaremos sobre a Sustentação dos Pilares de Cultura: Liderança! 

Este artigo agregou valor para você? Então compartilhe com a sua rede!

 

Autor: Filipe Vicinança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.