Tudo sobre: Wearables

Os wearable devices (dispositivos vestíveis) são um avanço natural do desenvolvimento da eletrônicas e novos materiais que vem se adaptando a elementos do vestuário. Essa evolução representa um grande progresso na integração tecnológica com o ser humano. Os wearable devices podem ser encontrados em produtos voltados para a prática esportiva, em saúde pelo monitoramento de funções vitais ou em artigos da indústria da moda, entre outros. O número de aplicações em wearables tem crescido e gerado novos hábitos e comportamentos, atraindo o interesse de empresas líderes para as novas possibilidades abertas pela tecnologia.

Mapeamos em conjunto com mais de 70 grandes empresas os gaps dos setor que startups podem ajudar a resolver.

Oportunidades para startups:

  • Desenvolvimento de novos vestíveis inteligentes;
  • Novas tecnologia de eficiência energética em baterias;
  • Novas tecnologias de sensores / transmissores passivos (sem bateria);
  • Sistemas para aumento de conectividade com aplicativos;
  • Sensores inteligentes e de monitoramento (ex: para informações de saúde do paciente ou práticas esportivas);
  • Sensores não invasivos para monitoramento da saúde via avaliação de fluidos corporais;
  • Sistemas para maior interação com consumidores (ex: melhor compreensão do consumidor, fidelização de usuários e outros);
  • Tecnologias que promovam a mudança de comportamento (ex: engajamento com a atividade física).

Já são várias as opções de wearables no mercado hoje. Além dos relógios, já bastante difundidos como uma extensão do smartphone, existem também pulseiras para monitoramento cardíaco, facilitadoras de pagamento, injeção de remédios subcutâneos, entre outros. Anéis, peças de roupa, capacetes e óculos também são opções. O potencial dessa categoria é tamanho que a Amazon já criou uma área inteira apenas dedicada às tecnologias vestíveis. Há até um centro de aprendizado dentro da loja da varejista explicando detalhadamente cada gadget.

Prova disso também foi o salto no número de startups cadastradas, de 57 há um ano para 130 em maio de 2018, um crescimento de mais de 2x.

Dentre as startups listadas no Ranking 100 Open Startups Brasil 2017, a Nearbee se destaca pelo alinhamento com este setor em especial, sendo uma evolução do “botão do pânico” que pode ser usado como acessório o tempo todo para alertar autoridades, família e vizinhos em caso de emergência.

E você, tem uma startup que resolve desafios com tecnologias wearable? Inscreva sua solução no 100 Open Startups e comece já a fazer negócios com grandes empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *