CVM 88: Qual é o impacto das novas regras de equity crowdfunding para as Open Startups?

Com o mercado aquecido, as open startups estão captando cada vez mais via equity crowdfunding, aproveitando o efeito de rede e comunidade que essa modalidade oferece. 

O Equity Crowdfunding é uma estratégia de captação de recursos que conecta investidores às startups. Com diversas plataformas online que possibilitam essa negociação, as empresas são capitalizadas por investidores que, em troca, adquirem participação na empresa por meio de quotas/ações ou títulos conversíveis.

Com a nova resolução, CVM 88, diversos benefícios para as open startups se intensificaram. Com o aumento do limite de captação para R$ 15 milhões por oferta, a mesma startup poderá fazer mais rodadas subsequentes de crowdfunding e, desta forma, as plataformas e os investidores irão acompanhá-la mais de perto e por um período maior.

Essa atualização valida a metodologia do crowdfunding. Para Camila Nasser, CEO da plataforma KRIA, a CVM enxergou a importância e a seriedade das plataformas nos últimos cinco anos, e essa atualização representa uma chancela, validando o trabalho feito durante esse período.

Com a ampliação das oportunidades geradas com a vinda da nova resolução da CVM 88, a 100 Open Startups, por meio do Fórum das Top Open Startups, convidou os representantes das principais plataformas de equity crowdfunding no Brasil, EqSeed, Kria, SMU e CapTable, para conversar com as startups premiadas no Ranking 100 Open Startups sobre os avanços e expectativas com a nova resolução. 

Confira os principais insights gerados no fórum exclusivo, realizado durante a Oiweek, como as open startups se beneficiarão a médio prazo a partir da nova resolução e como executivos estão se preparando para investir nas open startups. 

Como as open startups serão impactadas pela CVM 88

Com o mercado aquecido, as open startups – aquelas que se dispõem a interagir com corporações em movimentos de open innovation – estão captando cada vez mais via equity crowdfunding, uma vez que elas naturalmente trabalham com rede e ecossistema, o que fortalece a visão para a captação nessa modalidade. 

Dados da CVM mostram que, em 2021, foram captados R$ 188 milhões via crowdfunding de investimentos, um crescimento de 123% em relação ao ano anterior. Além disso, havia 56 plataformas cadastradas na autarquia, 75% acima de 2020.

A partir de um cenário gélido do mercado de venture capital, a modalidade de equity crowdfunding está se fortalecendo. Assim, executivos estão buscando investir cada vez mais em startups, o que reflete não apenas na consolidação de negócios focados em open innovation, mas também na definição de um ecossistema de inovação mais forte e sustentável. Dados da 100 Open Startups mostram uma evolução na prática de investimento via equity crowdfunding. Em 2016, apenas duas das 100 startups do Ranking captaram via plataforma de crowdfunding. Agora, já são 23 TOP Open Startups investidas. Juntas, elas captaram mais de R$ 30 milhões

Esse salto comprova o crescimento da rede e o amadurecimento geral do ecossistema de open innovation, tanto do lado das startups e corporações quanto do próprio mercado de investimento em startups. 

Para Diego Perez, da SMU, as plataformas assumem um papel de educação de mercado. Elas incentivam o investidor a continuar investindo em startups, a partir do conhecimento e aprendizado adquirido nas experiências passadas. 

A partir do equity crowdfunding, uma rede poderosa de investidores em potencial tem se formado. Hoje, são 80 mil executivos que fazem parte do ecossistema de inovação e buscam encontrar ou se relacionar com startups, mas o grau de capacitação desses executivos ainda é baixo. Para suprir essa dor, a 100 Open Startups lançou o Movimento Cultural Aberta para Inovação, que engloba o Programa 100-10-1 Startups,  programa de capacitação em rede. Atualmente, mais de mil executivos estão se capacitando para gerar valor a partir do relacionamento com as startups, sendo este o primeiro passo – e de grande importância – antes de montar um portfólio de open startups investidas. 

Com a atualização da resolução e com executivos mais preparados para se relacionarem com as startups em processos de open innovation, a 100 Open Startups reforça o compromisso de educação do mercado. Essa junção de boas práticas já tem gerado expectativas positivas, que indicam que o equity crowdfunding vai triplicar de tamanho, tornando-se a principal forma de captação de investimento para startups em seus primeiros estágios.

Quem resolve o problema tem sempre espaço. Para Leonardo, sócio e Head de Revenue  na Captable, “bons negócios sempre têm espaço e, no early stage, isso não deixou de ser uma verdade. O movimento continua intenso, e as plataformas estão com diversas captações em aberto”, complementa.

Para ter uma boa história de equity crowdfunding, entenda o valor da rede como comunidade

Igor Monteiro, Diretor & Head de Análises de Investimentos na EqSeed, reforça o discurso de que há muito valor sendo gerado, e esse é um dos motivos que levam as startups a participarem de mais de uma rodada de captação via equity crowdfunding. “As startups voltam porque a captação anterior foi um sucesso. Ter uma boa história para contar é sobre entregar crescimento, entregar resultado e entregar o que foi prometido”, reforça.

Com a entrega de resultados e de crescimento, as captações tendem a ser mais rápidas, uma vez que tanto as startups quanto os investidores já estão familiarizados com o processo.

Confira as principais mudanças da resolução:  

–  Ampliação do teto de captação de R$ 5 milhões para R$ 15 milhões por oferta; 

– A modalidade poderá ser utilizada por emissões com receita bruta anual de até R$ 40 milhões, bem acima dos atuais R$ 10 milhões; 

– Aumento do limite por grupo econômico que pode utilizar o crowdfunding de investimento para R$ 80 milhões; 

– Flexibilização das formas de divulgação da oferta pública;

– As plataformas também estão autorizadas a atuar como intermediadoras de transações subsequentes, facilitando o encontro de interesses de compra e venda de valores ofertados;

– Aumento do capital social mínimo das plataformas para R$ 200 mil e a necessidade de as plataformas terem profissional de compliance quando atingirem R$ 30 milhões em ofertas públicas intermediadas.

Sobre o Fórum TOP Open Startups

O Fórum TOP Open Startups visa promover a aproximação dos fundadores e fundadoras das startups premiadas no Ranking 100 Open Startups desde sua primeira edição, publicada em 2016. O objetivo é gerar um espaço de trocas, aprendizados e redes de contatos, trazendo para pauta temas de relevância para o dia a dia dos negócios, com enfoque especial na captação de investimentos. As atividades do fórum fazem parte dos benefícios exclusivos para startups premiadas no Ranking 100 Open Startups.

Para Barbara Alves, Head de Investimentos da 100 Open Startups, que coordena o Fórum dos Fundadores das TOP Open Startups, os insights levantados foram muito bem recebidos pelas startups premiadas. 

“Foi muito bacana ver como os fundadores interagiram com o tema do equity crowdfunding. Havia muitas dúvidas sobre essa modalidade de captação, principalmente com a atualização da resolução, que as startups fizeram questão de tirar com os representantes. Criamos, no  fórum, um espaço importantíssimo de troca e engajamento, e o medidor de sucesso que confirmou nosso sentimento foi o painel ter sido encerrado com um ‘gostinho de quero mais’ entre os participantes”, afirma. 

Participe do Ranking 100 Open Startups 

Publicado anualmente, o Ranking é baseado exclusivamente na quantidade e intensidade dos contratos de open innovation entre as startups e as corporações. São elegíveis para o Ranking as startups com até US$ 2,5 milhões de faturamento e US$ 2,5 milhões de investimento recebido. 

O Ranking 100 Open Startups 2022 está com inscrições abertas. Para saber mais e cadastrar seus relacionamentos de open innovation, acesse: 100os.net/ranking

Aproveite para indicar corporações e startups para participarem do Ranking. As premiações acontecerão no segundo semestre de 2022. Mais informações no site ou app.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.